19 de julho de 2010

Destinada à eternidade


"Compreendi que a vida não é uma sonata que, para realizar sua beleza, tem de ser tocada até o fim.
Dei-me conta, ao contrário, de que a vida é um album de minissonatas.
Cada momento de beleza vivido e amado, por efêmero que seja, é uma experiência completa que está destinada à eternidade.
Um único momento de beleza e de amor justifica a vida inteira."

(Rubem Alves)

6 comentários:

O Matuto disse...

Gosta de Caio Fernando Abreu?
abs

Patrícia Lara disse...

Oi, Sheila.

Que coisa mais linda! Amei ler isso.... (tem tudo a ver com o meu momento de agora.)

Beijos, querida,

Patrícia Lara

Sheila S.S. disse...

Olá, Matuto!!! Gosto, sim. Em especial, esse texto que postei aqui mesmo, no meu blog. Eu o acho muito bonito...

http://antesqeumeesqueca.blogspot.com/2009/09/para-ler-e-reler.html

Sheila S.S. disse...

Patrícia, essas palavras de Rubem Alves são se uma sensibilidade e profundidade... Que bom que gostou! Abção.

AC disse...

Muito sábio, o Rubem Alves!

Bjs

G I L B E R T O disse...

Sheila
Lindo e de uma sensibilidade incrivel!

Estejas bem, mon ami, estejas bem agora e sempre!